Onde a poesia tem cheiro de café...

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Encontro

Com 0 Comentario

Não, não foi amor à primeira vista. Amar demora!
Assim, ele voltou naquela padaria dia após dia.
Lá encontrava-se dois desejos insaciáveis dele: um maço de cigarro e uma bela moça.
Sem pestanejar ele negava todos os sonhos ali expostos por apenas um: ela.
Até que um dia tal desejo virou realidade, ambos não resistiram e marcaram um encontro mais intimo...
Silêncio, troca de olhares, carícias ... Primeiro beijo!
Ele tossiu!
Cigarro?
Não! ...
O pulmão dele inspirou paixão.

Adriano Alves.


+1

0 comentários :

Postar um comentário

Postagens populares