Onde a poesia tem cheiro de café...

terça-feira, 24 de março de 2015

Declaração poética: um bolo

Com 0 Comentario
Mamãe não escrevia poesias, mas tinha alma de poeta. 
O bolo de fubá sobre a mesa era uma declaração poética a ser degustada.
Há quem diga que o amor não cabe numa forma. 
Verdade!
Mas ele se derrama em formas de bolo.


Adriano Alves

+1

0 comentários :

Postar um comentário

Postagens populares