Onde a poesia tem cheiro de café...

segunda-feira, 25 de maio de 2015

Olhos que Vazam

Com 0 Comentario
Acordou do sono causado pelo luto, só para constatar que a morte não fora um sonho.
Realidade que enluta a vida que morreu com a morte de quem é amado.
Dormir na cama salgada com os olhos que vazam toda a dor que o choro chora.
Se a morte tem hora, alimento um grande desejo: atrasar o relógio dela.

João Batista.

+1

0 comentários :

Postar um comentário

Postagens populares