Onde a poesia tem cheiro de café...

segunda-feira, 12 de outubro de 2015

Dia das Crianças!

Com 0 Comentario
Cresci, mas continuo criança!
Outrora eu brincava de pega-pega, pula-mula, pião, bolinha de gude.
A vida de uma criança tem um quê de calça suja e joelho ralado.
Hoje minhas brincadeira são mais estáticas. Brinco com as palavras, corro atrás delas, mesmo sentado.
Como isso cansa!
Quando as encontro, remeço-as na folha, assim como eu fazia com as bolinhas de gude.
Afinal...
Palavras foram feitas para deslizar.
Meu esconderijo são as palavras.
Quem conta até 10 na parede, jamais me procura nelas.
Não é a toa que...
A vida de uma criança adulta tem um quê de calça limpa e sentimentos ralados. 

Adriano Alves. 

+1

0 comentários :

Postar um comentário

Postagens populares