Onde a poesia tem cheiro de café...

segunda-feira, 9 de novembro de 2015

Ela é univer-sal.

Com 0 Comentario

Filha de emoções diversas. Sem voz, ela expressa tudo aquilo que as palavras calam. Repentina chega, motivo qualquer! O caminho quase sempre é o mesmo, ela corre. Sem palavras, ela diz coisas que tais não são capazes. Filha de emoções diversas, crianças, mulheres, homens, humanos! 
Ela é univer-sal.
As vezes carrega dor, outras felicidade indizível, portadora de interiores que explodem. Sutil, espalhafatosa, serena, avassaladora. De tamanho tão enorme, mas cabe no espelho da alma.
Vem dos olhos e corre um pouco até dizer tudo.

João Batista

+1

0 comentários :

Postar um comentário

Postagens populares