Onde a poesia tem cheiro de café...

terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Inveja!

Com 0 Comentario
As estrelas fofocavam e de súbito algo ficou claro entre elas: o desejo.
Elas desejavam que a lua não aparecesse naquela noite para que elas fossem as únicas a brilhar.


Adriano Alves. 

+1

0 comentários :

Postar um comentário

Postagens populares