Onde a poesia tem cheiro de café...

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

Triste!

Com 1 Comentario
Ele possuía um guarda-chuva, mas não tinha um “guarda lágrimas”...
E as lagrimas molhavam muito mais.


Adriano Alves. 

+1

Um comentário :

Postagens populares